Alcançar a Felicidade

Para alcançar a verdadeira felicidade tem de se libertar das amarras internas. Caso contrário por mais que se faça para ser feliz, isso não acontecerá. Essas amarras internas são as nossas crenças mais profundas sobre nós mesmos: achar que não somos merecedores de amor, especialmente do amor próprio. E como este muitos outros pensamentos.

É então fundamental reconhecer os padrões de pensamentos e comportamentos que nos impedem de ser felizes.

Esse amor, por nós mesmos, começa com a aceitação de quem SOMOS e não de conquistas ou realizações. A felicidade não é um sentimento ou tão somente uma emoção, ela é um estado de alma, é uma virtude do amor, ela faz parte da essência do ser que ama a si mesmo – que se ama incondicionalmente!

Para a alcançar tem que se percorrer o caminho interior. E nessa caminhada vai-se encontrar muitas pedras, verdadeiros pesos e obstáculos ao amor, que importa limpar… libertar. É o desfazer das muitas crenças que na verdade foram as nossas limitações e que nos impediram de alcançar o que sempre buscamos.

O que temos aceitado ao longo do caminho que nos afasta do amor?

É isso que nos causa separação. É isso que pesa sobre nós, nos faz infelizes e doentes.

Com o mais profundo amor e compaixão, olhemos-nos aceitando quem somos, na certeza de que nada sabemos, ou muito pouco, sobre a nossa essência.

Somos tanto e conhecemos tão pouco…