O funcionamento das células está diretamente ligado aos pensamentos que criamos

A maneira como pensa e a maneira como sente produz o seu ESTADO DE SER. O que pensou hoje e quanto pensou hoje? São cerca de 60.000 a 70.000 pensamentos por dia. Incrível!!! Cada pensamento é capaz de produzir uma informação. Na maior parte do tempo estamos concentrados no que se passa no exterior, no que está fora de nós e assim a pergunta é, e quanto tempo resta para pensar no que está dentro? E se o que está dentro produz o que somos da maneira como nos conhecemos, o nosso corpo e a nossa história?

Como a nossa atenção está fora de nós, não conseguimos identificar os vínculos entre pensamentos, acções e sentimentos. Estamos sendo nós mesmos (pelo menos assim o achamos nós). Para mudar, para realmente mudar, precisamos nos tornar “alguém” a mais do que somos hoje. Precisamos de nos familiarizarmos com os aspectos não conscientes dentro de nós. Descobrir essa programação automática e modificá-la de forma consciente permitirá alterar muito em nós.

Notem as palavras do Dr. Deepak Chopra:

Somos criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos.

O funcionamento de nossas células está directamente ligado aos pensamentos que criamos, sendo constantemente modificado por eles. A qualidade do funcionamento de nossas células é directamente proporcional à qualidade das ondas de pensamentos que criamos. E a qualidade das ondas de pensamentos que criamos pode ser baseada no medo, ou no amor.

Se foi produzida baseada no medo, foi produzida pelo ego; suas ondas são baixas e distorcem as ondas harmónicas que entram em contacto.

Se foi produzida baseada no amor, então foi produzida por um ego subjugado pela auto aceitação divina, alinhado à produção de energia magnética do coração, servindo somente à essas ondas cardíacas e sendo instruído pela consciência superior.

Um surto de depressão, por exemplo, pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortificá-lo tremendamente.

A alegria e a realização nos mantêm saudáveis e prolongam a vida.

A recordação de uma situação de stress, que não passa de um fio de pensamento, liberta o mesmo fluxo de hormonas destrutivos que o stress.

Quem está deprimido por causa da perda de um emprego, projecta tristeza por toda parte no corpo – a produção de neurotransmissores por parte do cérebro é reduzida, o nível de hormonas baixa, o ciclo de sono é interrompido, os receptores neuropeptídios na superfície externa das células da pele tornam-se distorcidos, as plaquetas sanguíneas ficam mais viscosas e mais propensas a formar grumos e até suas lágrimas contêm traços químicos diferentes das lágrimas de alegria.

A boa notícia é que todo este perfil bioquímico será drasticamente alterado quando a pessoa mudar o seu foco de atenção e a fonte de produção de suas ondas de pensamento, permitindo que sua consciência superior opere em seu sistema através do amor, usando o ego somente como o seu instrumento de apoio.

Acessar à consciência superior e aliá-la às ondas de energia cardíaca, para manifestar o funcionamento e a imunidade biológica que realmente você deseja ter, é o primeiro passo para começar a refinar e purificar a saúde em todos os seus quatro corpos.

Shakespeare não estava sendo metafórico quando Próspero disse: “Nós somos feitos da mesma matéria dos sonhos.”

Você quer saber como está seu corpo hoje? Lembre-se então do que pensou ontem!
Quer saber como estará seu corpo amanhã? Então olhe seus pensamentos hoje!
Ou você abre seu coração agora, ou algum cardiologista o fará por você!

– Deepak Chopra